segunda-feira, 20 de abril de 2009

Pintura no Paleolítico

A principal característica dos desenhos da Idade da Pedra Lascada (Paleolítico Superior) é o naturalismo.


O artista pintava os seres, um animal por exemplo, do modo como o via de uma determinada perspectiva, reproduzindo a natureza tal qual sua vista captava.

É importante notar que esses desenhos já revelam uma elaboração por parte do artista. Por isso, não existe neles qualquer traço que possa nos levar a compará-los com os desenhos infantis.


Essa arte era realizada por caçadores, e faziam parte de um processo de magia por meio do qual procurava-se interferir na captura de animais. Ou seja, o pintor-caçador do Paleolítico supunha ter poder sobre o animal desde que possuísse a sua imagem. Acreditava que poderia matar o animal verdadeiro desde que o representasse ferido mortalmente num desenho.

Outro aspecto que chama a atenção de quem observa as pinturas rupestres, isto é, feitas em rochedos e paredes de cavernas, é a capacidade de seus criadores interpretarem a natureza.

As imagens que representam animais temidos estão carregadas de traços que revelam força e movimento. Assim estão retratados os bisontes e outras feras. Mas nas imagens que representam renas e cavalos, os traços revelam leveza e fragilidade.





Como trabalhavam os artistas pré-históricos:

Em suas pinturas, o homem da caverna usava óxidos minerais, ossos carbonizados, carvão, vegetais e sangue de animais. Os elementos sólidos eram esmagados e dissolvidos na gordura dos animais caçados.

Como pincel, com certeza, utilizaram inicialmente o dedo, mas há indícios de terem empregado também pincéis feitos de penas e pêlos.

Escultura no Paleolítico

A arte do Neolítico leva à escrita


6 comentários:

  1. nossa nunca vii uma imagem tão linda como essa...

    ResponderExcluir
  2. ficou muito legal, mas poderia se aprofundar mais no assunto

    ResponderExcluir
  3. falto o MATERIAL que eles utilizavam pra faze as pinturas na rocha

    ResponderExcluir